quinta-feira, março 29

Mesas

mesas que consumimos para nos libertarmos, e neste aspecto Lx é uma cidade impar pulverizada de spots interessantíssimos capaz de agradar a qualquer género da fauna urbana.

mesas onde paramos porque nos sentimos em casa.
“Where everybody knows your name, and theyre always glad you came”…

mesas que visitamos porque nelas conseguimos estar sozinhos.
Ainda é possível estar-se sozinho às 5 da tarde em Lx.

E há mesas que se impõem porque sem si não existe sentido.
É o caso do Sargo, uma esplanada sobre o Mar da praia da Parede.
Vidas sonhei e vivi, verão e Inverno, sozinho e acompanhado, triste e feliz... o Sargo é o meu santuário, o único local que conhece todos os meus comas, e agora a morte.
Entro porque o carro se estaciona, atrasado mas não me importo, é-me impossível passar sem entrar.

Uma cerveja sem álcool por favor... Oxigénio, Mar, e Filme da Vida... por euro e vinte.

Abraço do Mar

10 comentários:

Pratas disse...

Boa onda..

Cindy disse...

Nada melhor para recarregar baterias!

E melhor ainda que as palavras, são as imagens! Gosto sempre das tuas fotos!

Beijokitas!

Dias... disse...

PRATAS
Acredita...

CINDY
Obrigada, mas estou a ficar preguiçoso (muitos anos de maquina ao pescoço...pesa) algumas photos já foram sacadas com o telemovel.
Beijinho

Phantasma disse...

Há sempre locais que nos acompanharão para o resto das nossas vidas.

Como diria o Samuel Rosa (Skank):

É como ver televisão e não dormir;
Ver um bichano pelo chão e não sorrir.

São coisas profundas de uma vida.

Abração meu AMIGO.

Papoila disse...

Ola Dias, agradeço a dupla passagem no meu cantinho, prometo k brevemente voltarei, ha feridas que nao saram, mas ajudam... Deixo-te um bjinho como miminho de gratidao pla amizade,

Papoila Sonhadora,

Mestre disse...

Lisboa (e arredores) têm esta vantagem, é rio e mar em quase todo o lado. Previlégios que muitos devem invejar.

Mas relativamente a mesas na linha o Alcatruz era a minah referência, tenho que "alargar" horizontes.

Momentos disse...

Sabe tão bem ver o mar... quem sabe um dia cruzamo nos por aí numa dessas mesas "à beira mar plantadas"!Tenho o mar como companheiro de muitos momentos.

Anônimo disse...

Nice, very nice, desde a primeira mail k acompanho. À vezes.. o passado cruza-se com o nosso olhar, e devolve-nos a sombra de um dia ao entardecer que me possui e me exorcisa...

sempre até voltar-mos..
sempre até nunca mais..

do Teu Outro
gostei muito

Tens k aparecer Quinta k vem.

Dias... disse...

PHANTASMA
Mais que acompanhar, ha locais sem os quais não conseguimos o equilibrio emocional que nos permite continuar. Balões de oxigenio...

PAPOILA
Todas as feridas nos ajudam a crescer mas ha feridas que eu preferia não ter crescido.

MESTRE
Temos de começar por almoçar num dos Restaurantes-Esplanadas de São Pedro. Eu pago, marca o dia.

MOMENTOS
Estarei a enquadrar-te do outro lado de uma 300 milimetros ;)

ANONIMO
Claro que apareço, tens é de dizer as horas e o que preciso de levar.

Obrigado pelas visitas

Beijos e abraços

SONY disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Minha foto
Algés, Oeiras, Portugal
eu sou quem