segunda-feira, abril 23

Recomeços

Acorda miúdo, a audição quer falar contigo.
A estas horas?... tenho um bom relógio biológico, a estas horas nem que fosse a Alexandra Lencastre.
Mas olha que é precisamente por ser “a estas horas” que deve ser algo desagradável ou importante...
Melhor ainda! Noticias más ou urgentes quanto mais tarde as souber melhor, mais tempo vivi sem esse calhau na alma.

O braço, com a mão trouxe-me um aparelho.

Número sem nome, mas é um número que não me é estranho... merda! é o número dela.
Desperta sacanice, apruma-te hipocrisia, preciso de ti saliva. Alguém me vista a personagem 48...

Sim? Olá, bem me parecia que eras tu... o teu homem? Sim está aqui (sem fazer a mínima ideia que desculpa ele tinha deixado em casa, mas esta costuma servir) está a dormir, ontem exagerou um bocado... falar com ele? Deixa-me acordar que já te ligo.

Estes inconscientes que te obrigam a mentir a amigos, são outros amigos que já fizeram o mesmo por ti.

Desta vez correu muito mal, fomos descobertos. Menos uma casa onde jantar...

Hoje coloco acima de mim, o sofrer de uma amiga traída.
Amanha preencho com a felicidade de um amigo completado.

Abraço atestado de inveja da esperança dos outros.

22 comentários:

SONY disse...

Não sei se valerá a pena mentir por alguém no Mundo!
Eu recuso-me totalmente a mentir seja em que situação for...a não ser que tenha que poupar alguém de um sofrimento como exemplo a morte!
Apenas mentiria se adiar o sim de uma morte inevitavel deixasse alguém viver os ultimos dias com esperança...mas mesmo assim...não sei se mentiria!
Um bj Sony :-)Vou dormir chau! :-)

SONY disse...

Bom Dia Dias! Caí da cama hoje...Um bj Sony

Cindy disse...

Bom dia!
Se calhar era preferível não teres atendido!
Também já o fiz por amigos e felizmente nunca correu mal! Ufa!

Boa semana!
Beijokitas boas!

SONY disse...

sim dias, tudo que assino sony é meu, na verdade é só mais um de muitos guardados...apeteceu-me postar ontem à noite.
Escrevi quando um primo meu faleceu e deixou um bébe de 1 mês...foi encontrado num vão de umas escadas no dia dos meus anos...nunca o esquecerei!
Um bj Sony :-)

fuinha disse...

Bom amigo. Na tua situação não sei o que teria feito, é uma decisão complicada que tem de ser tomada em fracções de segundo. Provávelmente não teria atendido o telefone, porque sempre que minto, ou sou apanhada ou levo o dia todo a pensar no assunto e a martirizar-me por tê-lo feito. A vida às vezes prega-nos partidas e coloca-nos em situações deveras complicadas.
Jokas grandes.

Carla

Lia disse...

A famosa cumplicidade masculina...
Às vezes causa umas valentes dores de cabeça...

Um beijo

Papoila Sonhadora disse...

Ola Andre, Como podemos vestir a Mentira? E a Traiçao? Sao duas emoçoes complicadas, onde nao ha lugar para a beleza. Tudo o que nao tem beleza nao presta. Contudo, ha diversas faces para mentir e trair, ...Podemos imaginar um pote de sentidos, onde tudo e bonito, sonhos belos, todos querem algo deste pote, mas se alguem diz queres uma mentira, uma traiçao? Ninguem quer! Do ponto de vista da Psicologia, e porque muito me agrada o estudo dos comportamentos humanos, as atitudes...muito se pode ver a partir de uma mentira, as vezes uma mentira encerra uma meia verdade e neste caso a tua mentira encerrou uma dupla meia verdade: um casal amigo, foste envolvido no conflito, mas a verdade sabe sempre bem!
Quanto a traiçao, nao consigo imaginar traiçao sem mentira, creio que convivem uma com a outra. Todos mentimos,infelizmente! Imundo este o que habitamos, fragilidade humana! As vezes a Lua chora e agora sabes porque!
Bjinho de algodao doce,
Papi Sonhadora,

Dias... disse...

SONY
Sinto-me mais confortavel a omitir, mas ha situações que obrigam a mentir. 99,9% dessas situações sucedem devido à obrigatoriedade de defender quem me é querido. Faz parte...

Espero que estejas bem.

Beijo

Enfim... disse...

situação bem complicada, ás vezes para alegrarmos um temos de enganar outro, mas nada que um bom pedido de desculpas não resolva

Bjokas e boa semana

Dias... disse...

CINDY
Se eu atendi "aquelas horas" foi porque deixei demasiadas vezes de atender... se não atendesse também desta vez, seria pior, ou pelo menos tão mau como foi.

CARLA
Oi amiga, beijo enorme para a terra do Sol.
Ando para nos escrever por aqui... fica para um dia destes.

Sei que é uma mentira, mas inventei (inventámos, os gajos) um código de honra que nos permite fazer estas imbecilidades sem grandes traumas para a consciência.
O pior é mesmo quando se é descoberto e a consciência é chamada à barra do julgamento... é um mau acto mas por ser por uma "boa" causa perdoo-me, com dor mas perdoo-me.

Sempre muito bom receber-te amiga :)

Dias... disse...

LIA
Acontece...

Por outro lado é famoserrima a falta de cumplicidade entre as meninas... ainda me hão de explicar porquê?

Eu prefiro a "nossa" forma de cuidar.

Beijo

PAPI
Olhei para o pote e naturalmente não quis a mentira, a traição. No entanto, actos sem beleza existem que se não os tomássemos seríamos ainda mais feios.

Se me utilizares como objecto de estudo psicológico, não vais chegar a lado nenhum porque eu dependo dos Dias :)

Beijinho Papoila, da Lua para o Musgo.

Dias... disse...

ENFIM
Sim, o pedido de desculpas é obrigatório. Espero que resolva mas francamente duvido, a sacanice deve ser punida e eu mereço ser punido com esta perda.

O ponto positivo de tudo isto é que agora, com todo o livro aberto, já estou disponível também para ajudar a amiga se e quando ela precisar de força.

Enfim, sabia no que me estava a envolver, é uma das historias mais velhas do Mundo. Só espero que não tenha sido para nada.

Beijocas e optima semana para ti também.

fuinha disse...

Fico à espera que "nos escrevas por aqui". Beijoka muito grande...

P.s. Hoje está um verdadeiro dia de Verão, e eu aqui fechada a trabalhar

Mestre disse...

De facto o que podemos esperar de um amigo verdadeiro. Que minta por nós quando precisamos? Que nos dê na cabeça quando nos estamos a portar mal?

Já fiz figura de ambos mas pior que mentir é sentir que quem ouve a nossa voz não acredita no que lhe estamos a dizer. Faz-me sentir mais culpado do que o "alvo" da minha manobra.

Mas fizeste bem em atender.

Abraço

sonhadora disse...

porque sonhar não custa...
beijinhos embrulhados em abraços

marisa disse...

Pior que mentir, é mentir a nós próprios...
Valerá a pena mentir a alguem? Valerá a pena, aliviar instantaneamente uma dor, que só tende a aumentar?
As amizades 'obrigam-nos' por vezes a situações de que nem sempre gostamos, há que perceber se o facto de teres mentido foi mesmo o melhor para ambos...
Baci.

SONY disse...

Pois DIAS pensando assim numa obrigatoriedade de defender quem te é querido a 99,9%.:-(
Mas como eu penso mesmo assim que quem me é querido nunca me expunha a uma situação dessas, "obrigar" a ir contra os meus valores por uma amizade?
-Não Obrigada!

Mas talvez seja eu demasiado exigente comigo mesma! Um bj Sony

Estou bem obrigada.
Estou aqui pensar se dava para faltar as aulas e ir até à fnac o Luis Filipe Ferreira vai apresentar o livro ESTADOS D"ALMA às 22.45h no Gaia Shopping!
Mas não sei se dá para fazer gazeta hoje nas aulicas!
Um bj Sony :-)

VICIO disse...

fizeste-me lembrar a velha historia que explica a diferença das amizades entre homens e as amizades entre mulheres.

Uma mulher passou a noite fora de casa.
Ao chegar em casa pela manhã, o marido está furioso querendo saber aonde ela estava.
"Na casa de uma amiga", ela responde.
Então o marido pega a agenda, liga para 10 amigas dela para tirar a prova, mas todas as 10 negam que passaram a noite com ela.

O marido então passa a noite seguinte fora.
De manhã a esposa está furiosa querendo saber aonde o marido estava.
Ele responde "Passei na casa de um amigo".
Então a esposa liga para 10 amigos do marido. 7 deles confirmam que o marido passou a noite na casa deles e 3 inclusive afirmaram que ele ainda estava lá, dormindo.

Dias... disse...

MESTRE
Quando alguém percebe in loco que estamos a mentir, percebe também o pedido de desculpas com que os nossos olhos acompanham as palavras. Pior é sempre a fractura quando a mentira é descoberta à posteriori.
But a man gotto do what a man gotto do...

SONHADORA
Muitos para ti também

Dias... disse...

MARISA
É irrelevante ser ou não o melhor para ambos, a partir do momento que me envolvi tornei-me compincha. A consciência não chega a ser para aqui chamada, apenas essa dor familiar de quem se sente abandonada.
No entanto, como indevido, a minha opinião sobre todo este assunto é algo diferente…
Isto pode-te parecer hipócrita, desculpa, mas é assim que eu sinto que está certo.

SONY
Encontras a tua melhor amiga num contexto muito revelador com um parceiro que não é o habitual.
Despedes-te, dás 48 passos e encontras o parceiro original.
Contas-lhe o que viste ou omites?

VICIO
Eu - Mas se te estou a dizer que ele só não fala porque neste preciso momento teve de ir à casa de banho…
Ela – Sim, mas quando ele sair diz-lhe que a filha fez a 1ª comunhão, teve a 1ª menstruação, terminou a Universidade e vai-se casar.

SONY disse...

Em relação a esta situação...nunca estive perante nenhuma mas supondo...e como sou muito directa, e já não tenho verniz para partir, já o parti todo...penso que quando chegasse ao parceiro habitual da minha amiga...ela já nesse momento não estaria com o outro...porque eu andes de dar os 48 passos até ver o parceiro habitual, já tinha dito a essa suposta amiga se não tinha marido em casa! E que sendo minha amiga sabia bem que tinha o caldo arrumado...não iria telefonar nunca...mas se o dito parceiro me aparecesse pela frente ela já saberia que com toda a certeza lhe diria...penso que quando não se está bem uma relação acaba-se...
Um bj Sony :-)

Dias... disse...

Hum… só te posso responder que és uma pessoa rara, porque se eu colocasse a mesma questão a 100 pessoas, mais do que provavelmente 99 responderiam como eu.
Beijo

Minha foto
Algés, Oeiras, Portugal
eu sou quem