segunda-feira, dezembro 17

Socialmente

Fui alcoólico quase todos os meus dias, depois... o corpo não aguentou.
Agora bebo uma (duas e três) cervejas quando saiu, mas o risco de morte é preferível à hipocondria das drogas e imensamente melhor que suportar os vazios sóbrio.

Abraços

29 comentários:

moonlover disse...

O corpo vai-nos dando sinais de alerta...ainda bem que os ouviste a tempo!

um imenso beijo, agradecido ao teu corpo ;)

moon

Lídia disse...

... para os vazios os amigos são óptimos. Estão sempre cheios.

Waldorf disse...

Apesar de seres produto da genialidade, tens ali um erro!
Velho, mas não sou vesgo!

"cervejas quando saiu," SAIU? Mas foste tu, ELE ou ELA que saiu?

Emenda o pontapé!
Escreve saio(Presente do Indicativo do verbo Sair na 1ª pessoa do singular) em vez de saiu (Pretério Perfeito do Indicativo do verbo sair na 3º pessoa do singular)!

Não precisas de me agradecer com lamechiches, dispenso-as!

impulsos disse...

Há prazeres que não se conseguem explicar...
E vazios que nem os prazeres momentaneos conseguem apaziguar.
É ilusão pensar o contrário!

Beijo e Feliz Natal

as velas ardem ate ao fim disse...

um vicio que já ia dando cabo de mim....

bjo grande

Statler disse...

Velho, não vês que o MIÚDO já deveria ter ingerido uma (duas e três) cervejaS quando saiu para nos escrever este colosso literário?

Velho, deixa o MIÚDO em paz, tens é inveja da popularidade dele.

MIÚDO, um abraço deste teu admirador incondicional

Boop' disse...

Não sei o que sentes, mas eu sinto que há aspectos da nossa vida que não vão embora. (tinha escrito "que deixam uma marca", mas não é isso!)
Fazem parte da nossa história, é isso. A nossa narrativa pessoal não se pode escrever sem eles.
Bons ou maus...

Waldorf disse...

Oh Velho, mas que belo elogio estás a dar ao MIÚDO...
Não te conhecia essa faceta de mãos largas!

MIÚDO, do Lat. minutu, dimunuído, adj., de pequenas dimensões, fino, débil, delicado, minucioso, mesquinho, sovina.

Fonte: http://www.priberam.pt

david santos disse...

Passei para desejar-lhe um bom final de 2007 e um bom ano de 2008.

Aproveito para LHE pedir que participe na blogagem colectiva que se está a realizar hoje, dia 17, em prol da menina Flávia

http://flaviavivendoemcoma.blogspot.com/

Statler disse...

Raio do velho, não sabe ser discreto!
Quando se dá não se deve fazer referência ao acto.

Ohhhh fucking fucking fuckin

Goddess Night disse...

Nas quedas do ontem, ergue-se o hoje.
Em frente é que é o caminho.

Beijos.

gasolina disse...

Alcoolizado sim... mas pela vida e pelos sentires.

Um beijo. DE PÉ!!!

Pratas disse...

Modera-te amigo ;) É bom ver-te a viver de verdade, e a sentir a realidade.

abraço

Waldorf disse...

Tens sorte, nós não somos egoístas, tu ficas com a parte do 'ordinário' e eu e o Statler ficamos com a parte do 'brilhante'!

É dividir para reinar!

Capitão de Malta disse...

Cheers! Breve, breve estaremos a beber uma...um grande abraço.

nX disse...

"O risco de morte é preferível à hipocondria das drogas"
É a faceta irónica dos humanos esta afirmação. Há quem dê tudo para não o pisar. Para a morte há tempo. Para a vida...? E onde é que as tuas pérolas se consolam?

Beijo imenso

Anabelacps disse...

Ó Diabo... que vida tão pacata...eheheh

mari crrrrruuuu... disse...

És grande!
Por tudo!

Bjinho enorme**

Um Momento disse...

Sóbriamente embriagada de ti,
nas tuas palavras,nos teus sentires,te bebo uma(duas,três)vezes ,quando te leio...enches-me .
Grata por tudo o que és,me ofereces e me ensinas
Beijo-Te
(*)

KI disse...

Meu apreciado vizinho, que bom 'fui'...passado! Agora és e interessa é essa força que quem te espreita encontra.

Um beijo!!

Dias disse...

MOON
Eu oiço bem, mas desentendo-me :)
Beijo imenso

LIDIA
"para os vazios os amigos são óptimos. Estão sempre cheios."
Não me lembro de alguma vez ter lido, nem nunca me tinha ocurrido o conceito... gostei muito, obrigado.

WALDORF
Obrigadão pela correcção, vou deixar estar, gosto da palavra.
Repousa Velho, as lamechiches ficam para o teu parceiro.

Dias disse...

IMPULSOS
Desculpa amiga mas estou prestes a começar a receber-te de passadeira vermelha...
Beijo daqui ao Natal.

AS VELAS
Há-de dar cabo de mim, esse ou outro qualquer...
Grande beijo

STATLER
Obrigadão Velhinho.
Abraço

Dias disse...

BOOP
Ficam sempre, acompanham-nos, fazem-nos em conjunto com tantos outros pedaços…
Não quero a senhora perdida por estes antros de cinzentismo Dona Mãe do meu Sobrinho Virtual, faça o favor de ir ler Blogs mais simpáticos para se encher de good vibes…

GODDESS
O corpo quebrou o que a mente quer, não considero positivo.
Beijos imensos tu que tens uma capacidade incrível para traçar coisas belas com materiais que desconheço.

GÁS
Claro, sempre!
De pé te beijo.

Dias disse...

PRATAS
É tudo moderado, a escrita é que o dramatiza (digo eu...)
Abraço

CAPITÃO
Que esse breve seja já!!!!!
Abraço grande um

NX
Penso que todos nos suicidamos, uns mais depressa que os outros.
As minhas Pérolas? Pobre de mim Conquilha dos consolos vãos.
Olha, saiU-me esta: iBmEeInJsOo ofereço-ta, é tua, sempre que me esquecer feel free to remind me.

Dias disse...

ANABELA
É uma tremenda pasmaceira eh eh eh

MARI
Eu? O que é que eu fiz? Não, não fui eu! Foi outro qualquer mas não fui eu…
Beijinho enorme, conceito interessante…. Outro, mas maior, para ti.

UM MOMENTO
Vou guardar estes momentos que me ofereces.
Amanha não lembrarei as palavras, mas recordarei quando fui bloguista e uma Momentos que me oferecia textos tão belos que jamais lhos conseguiria retribuir a não ser lembrando-a com o mesmo carinho amanha.
Porra miúda... abraço-te forte!!
(obrigas-me a levar com os outros 2…)

KI
Força em mim? Deves estar no Blog errado... a mim costuma-me sair o JUST DO IT, nada que não encontres em ti propria.
Um beijo grande, vizinha.

GarçaReal disse...

Tens o dom de me fazer pensar........MUITO

bjgrande

Cindy disse...

... posso entrar?!

Olá!
Interessa é viver com qualidade!
Aproveita a vida o melhor possível, com 1, 2 ou 3!
Milhões de beijokitas boas!

P.S. E não, não vais ter aquela ilha no Natal!

Um Momento disse...

Sorrio-te, pois com o mesmo carinho te guardo em meu coração.
Penso eu que, jamais em tempo algum tal lembrança será olvidada em dias futuros , em anos que se passem pois o sentir é infinito e com tão belos momentos partilhados ,embriagados conseguimos saciar sedes alimentando-nos de palavras sóbrias que nos embriagam a alma de tão simples e sinceras serem nos preenchem os sentidos,húmildemente agradecidos .
Adoro-te ...pelo ser que és...
Obrigada por tudo!!
Tudo de MUITO BOM te desejo!!!

Abraço-te-me-nos com imensa ternura

( os outros dois... acho que até já gosto deles ihiihh, pois até me fazem recordar velhos tempos de tv:D )

(*)

Teresa Durães disse...

uauuu nada como admitir sem medo dos outros.

tchim tchim a este post

Minha foto
Algés, Oeiras, Portugal
eu sou quem