terça-feira, abril 1

Dia com Data (versão 2.0)

Primeiro de Abril foi o dia que escolheu para primeiro do nosso namoro por isso é natural que continue a ser a data escolhida para as suas tentativas de suicídio.

Amou-me do puto ao homem. Abriu-me livros antes de si extractos. Apresentou-me locais antes de si imagens. Obrigou-me a dissecar o que antes de si não imaginara. Ajudou-me a exigir um Eu exigente.

Depois veio o acidente e a desumanidade da tetraplegia... o miúdo que fui, um ano a reclamou a Deus... depois, deixei-nos.

Vivi quase tantos anos como os anos que nos passaram, e em todos eles hoje penso mais em Luísa.

O ano passado estava viva...

Abraço em diVIDA

Versão 2.0 de:
http://diadoblog.blogspot.com/2007/04/dia-com-data.html

14 comentários:

Um Momento disse...

O ano passado ainda eu aqui não habitava ...
Um ano retrocedi no tempo e Luisa lá estava ...e está no teu coração.
Em casa da "sister" te li um dia e as lágrimas correram pelo meu rosto...

Abraço Ambos com verdadeiro carinho e...acredita ...
muita emoção

Beijo-vos

(*)

Teresa Durães disse...

uma homenagem bem bonita

Enfim... disse...

acho que não percebi o post eheheheh perdes-te alguem ou estas a homenagiar alguem~, olha n percebi, ahh ou é mentira??

Beijinhoss grandes

Boop' disse...

Há sempre abraços em divida!
Mas tantos outros foram dados!

O segredo é a prespectiva por onde se olha!

moonlover disse...

Palavras cheias de emoção,
lindo este texto!

Um abraço bem forte neste dia tão especial para ti miudo...

E uma homenagem á Luisa por te ter dado tanto que ajudou a transformar na pessoa maravilhosa que hoje és.

*b

Mestre disse...

Há um ano escrevi-te e este ano volto-te a dar o ombro. A vida, infelizmente, também é feita destas coisas.

É o destino ou Kismet, como dizem os árabes. Resta relembrar os tempos bons e sentir que a pessoa nos acompanha todos os dias.

Abraço sentido.

as velas ardem ate ao fim disse...

a vontade de chorar ao ler te transformou se mmo em lagrimas.
um ferida que te acompanha e que não sara e nao vai sarar. Sao assim os verdadeiros _Homens!

um bjo muito sentido

Goddess Night disse...

Toda eu estou a tremer, apesar de já me teres dado a conhecer um pouco de tu e a Luisa. Curiosamente, não verto uma lágrima!
Mas vou saír, com enorme respeito pela dor de ambos:(.
Aquele abraço terno e eterno.

Dias disse...

UM
Obrigadissima miuda.
Beijo-te

TERESA
Uma homenagem.

ENFIM
Infelizmente é bem verdade.
Grandes beijinhos

BOOP
... e a minha perspectiva depende dos dias, por vezes "picado" por vezes "noir".

MOON
Maravilhoso B? Mas tu vens a minha casa ofender-me!?
Abreijos

MESTRE
Esse tal de "destino" é o maior sacana do planeta dos sacanas!
Abraço

VELAS
Se eu fosse um "Homem" muito diferente seria esta homenagem.
Um beijo

GODDESS
Terno e eterno o abraço

M.
Recordo e permito-me sentir.
Beijo um

Lídia disse...

... os abraços dados e os olhares que se encontraram... A perda cria um vazio impossível de voltar o olhar. Fica.

foryou disse...

Gosto da forma como jogas com as palavras :)

O ano passado estava viva... e este ano também está... aqui e na tua memória!

impulsos disse...

Esta homenagem comoveu-me.
Há pessoas que nos marcam pelas mais diversas razões e muito mais ainda, quando decidem interromper a vida, que, entretanto, deixou de lhes fazer qualquer sentido...

Um beijo meu

Flash disse...

Depois de te ler apenas uma coisa me ocorre ainda que plagiando um dos meus autores de eleição:

"Abraço forte e grande, mesmo ah gajo."

(espero que ele não se importe, mas era mesmo o que me estava a apetecer dizer-te)

Anônimo disse...

Confesso que há um ano atras li e reli e voltei a reler o post, consegui depois de tantas vezes o ler, o entender. Enteder-te!

.....passou um ano!!
Anda...vive!!!

toma um empurrão!!
Sony

Minha foto
Algés, Oeiras, Portugal
eu sou quem