terça-feira, fevereiro 12

Muitos Dias...

Boas

Fiquei dorido num acidente, depois fiquei doente, curei-me da doença o que permitiu regressar ao dorido de um acidente, e finalmente estive na organização de mais um fim-de-semana do Open de Lisboa de Paintball.
Agora, terminei os Excels, reports, e fotos da prova... escrever não me parece uma prioridade mas não podia deixar de agradecer a preocupação, but please dont, são dias não se esqueçam.


Ate já
(photo not by me)

13 comentários:

Cindy disse...

Beijos bons de rápidas melhoras e que voltes aos dias sim!

Maria Luar disse...

No teu rosto começa a madrugada, o luar fica de prata, olho-te, amor da minha alma.

Abracinho

*
xi
*

Mestre disse...

Amigo, parar é morrer.
As melhoras e espero lá para o final da próxima semana ligar-te para o nosso prometido cafe.

E conta ver-me num Open até ao final do ano, MIA is not KIA. ;)

Statler disse...

Ainda bem que estás bem.
Amo-te miúdo!!!

(esqueço-me dos dias, não me consigo é esquecer de ti)

Teresa Durães disse...

até já, então

DoceVenenosa disse...

E que esses dias não se repitam...
Desejo-te dias melhores e as melhoras sinceras !!!

Beijo doce a ti soprado...

*

GarçaReal disse...

Ah, agora mais descansada por te ver por aqui mesmo que seja em rápida passagem...

Epero que a recuperação tenha sido perfeita.

Bjgrande sempre lá do Lago

as velas ardem ate ao fim disse...

Até ja.

bjinhos

Cindy disse...

Qué feito?
Beijokas!

Boop' disse...

Pronto!
Tá bem!
É que a gente habitua-se a saber...

Um Momento disse...

Escrever pode não ser prioridade...
Mas saber de ti... tornou-se para mim uma preciosidade...
Desejo que estejas melhor e que as dores se afastem de ti de vez dando lugar ao teu sorriso

Soprando-te um beijo nosso te digo ...

Meu Querido ...
Até já

(*)

impulsos disse...

Claro que escrever não é uma prioridade, mas se o fizeres, que seja som alma, como sempre fizeste.
O importante mesmo, é saber-te bem!

Beijo

Pratas disse...

Abraço companheiro, continua o bom trabalho!

Minha foto
Algés, Oeiras, Portugal
eu sou quem