quinta-feira, outubro 16

Orçamento de Estado 2009

Que alguém com outro empenho e consciência social, inicie um movimento com vista à realização de eleições bienais! Na proximidade de sufrágios, mesmo a pior crise a que os vivos assistiram, permite a Portugal ter um Governo generoso. Um Governo que aumenta a função pública em 2,9 %, quatro décimas acima da inflação prevista. E um Governo que afirma reduzir-se no peso fiscal directo da família. Prever uma inflação em tempos d´A pior crise a que os vivos assistiram, é obra! Continuar a taxar as fraldas como artigo de luxo, é obrar na familia. Mas, á partida, em 2009 estaremos menos-mal que em 2008! Derrapagens, aumentos, e impostos descarados ou camuflados aparte, agrada-me que o Governo tenha de ginasticar-se para administrar o ligeiramente menos que lhe vou entregar. Ou seja, o Governo também vai ter de apertar o cinto, gastar melhor. O que vai de encontro ao que desde que me lembro lhe peço; que ganhem o deles à vontade, mas enquanto o povo sofrer não o ganhem à vontadinha. Porque as decimas e percentagens já todos sabemos que derraparão, mas se quem estiver ao leme der o exemplo, quem carrega o barco fá-lo com outro Fado. Obrigado Sor Engenheiro, aqui o Silva agradece.
com este remendar, perdemos uma óptima oportunidade de começar a emendar a coisa

14 comentários:

Cindy disse...

O povo quer sempre mais e melhor e se o Estado nos der esse bocadinho a mais aqui e ali, podemos começar a endireitar e não, não vão ter que apertar o cinto, porque só o que eles esperam amealhar com as penhoras, execuções fiscais, etc a quem deve, muito dinheirinho vai entrar nos cofres do Estado!

Que todas estas mudanças sejam sempre melhor para nós, porque aqueles gajos vão sempre, em que circunstância fôr, encher os bolsos à nossa conta!

Beijos políticos.

Teresa Durães disse...

nunca vi o governo a apertar o cinto. vê-se nas subidas constantes dos seus ordenados apoiados por maioria parlamentar quase ou a 100%

Carla disse...

eleições à porta...medidas eleitoralista garantidas!
Infelizmente creio que não passa disso mesmo, porque a crise, bom essa veio para ficar...por um longo período, pelo menos no meu entender
beijos

M. disse...

a crise acaba quando a porra dos administradores, dos deputados, dos ministros, do presidente e do raio que os parta tiverem vergonha na cara e dizerem: "pah, tou a ganhar demais e não faço ponta de corno, não é justo para quem se esfola por aí"
Depois a crise acaba vais ver..

acaba, acaba e vai tudo viver à grande.

M. disse...

beijussssssssssssss

M. disse...

Ou acabarem com as reformas douradas de pseudo reitores de universidades que nunca exerceram essas funções

Ou seguirem o exemplo honrado de Ramalho Eanes que recusou os retroactivos a que tinha direito, quantia de mais de um milhão de euros, dando a maior bofetada a todos os gestores/políticos e o raio que os parta, que nunca sequer fizeram a sua contribuição..

as velas ardem ate ao fim disse...

Não ha pachorra para o falso engenheiro.

bjo e bfs

A pata brava disse...

Crise especulativa, a nossa!
Se - quem nos governa - sabe (garante) que não vamos ser afectados, para quê tanto alarido?
É, de facto, uma crise especulativa.
Agora... daqui a uns anos talvez tenhamos mesmo a crise "em cima". Vejamos: O estado pediu créditos e mais créditos para poder, agora, andar a dar tudo a toda a gente.
Com isto, das duas uma:
- daqui a uns anos, quando já não for o PS a governar, vamos estar endividados até ao pescoço e, esses meninos (governantes de agora, oposição futura)irão dizer coisas e mais coisas do actual (futuro) governo, estando-se "nas tintas" para o facto de terem sido eles a colocarem todo o país nessa posição;
- Mostrar que são "muito bons" e que safaram todos da crise. Que impacto teriam estas medidas se não nos impingissem com a crise?
Que significado teria tanta generosidade? Assim, ficarão sempre na memória como o governo que nos tirou da crise e nos deu de tudo.
Sinceramente... cambada de socialistas e marxistas.
Beijinho
P.B.

disse...

20 000 euros em 8 carpetes pois! grande contenção! Ou então as carpetes não custaram tanto...Quem sabe!
beijo enorme

Flash disse...

Vai ao meu blog e apoia a minha candidatura!

www.aternurados40.blogspot.com

Obrigado!

GarçaReal disse...

o problema é que " o possível " exemplo não existe........
Vê-se pelos emails que circulam......ministra tão contestada compra brutal casa............E muito mais, até arrasa o sentir.
A crise ...Para quem é?
Todos sabemos

Olha.......Bom domingo.......Ao menos isso

bjgrande do lago

Menina do Rio disse...

Tudo como era antes
no inferno de Dantes...

Sopro um beijo saudoso!

mari crrrrruuuu... disse...

E será que vai melhorar??

O governo faz tudo e é o povo que paga sempre.

Um dia há-de mudar...

Saudades de ti!!

Bjinho

as velas ardem ate ao fim disse...

Boa semana.

bjo

Minha foto
Algés, Oeiras, Portugal
eu sou quem