terça-feira, junho 19

Enganos, desenganos e desencantos pelos cantos

Não restou espaço em mim para feridas mas as chagas encontram lugares que desconheço.
Não existe espaço para a mágoa que se encrosta, n
ão entendo por onde me possui se não existe espaço em mim para a sentir?!
Não existe um mim, apenas a ferida que morta tudo ocupa, tudo tatuou, tudo lhe pertence, tudo rege, tudo ganha.
Mais ninguém permite, mais sentir não deixa, mas sinto, porra como te sinto retribuída.

Ousei desafia-la, ousei sentir, ousei acreditar confiante na ferida e não em mim, e a ferida mantem-se mas o mim encontrou espaço para se banhar na bosta que nunca o deixou.

Falho no que a mim próprio prometi, mas não caiu, nem pensar nisso, nunca mais! É-me impossível cair porque do fundo não subi, do fundo não sai, do fundo que mereço nunca consegui fugir.

Pensava, naif, que me tinha erguido, uns centímetros talvez, que me encontrava num penúltimo degrau… Naif e estupido!

Conhecedor da única verdade: “o amor mata!” pretendi-me um dia ressuscitado. Pobre homem, mais pobre ainda por ter acalentado antes de esclarecer os enganos, desenganos e desencantos pelos cantos.

Preciso de sair ou de repousar, preciso de dormir mais de 3 horas, ou voltar a usar para me vingar, ou voar de vez para o Pacifico... preciso de Mar e de Lua!

Não sou culpado mas sinto-me, sinto-nos, porque com um “foda-se” deixei as paredes vazias de minha casa para voltar para a casa da mãe da minha filha, e com um “merda” me voltei a esvaziar.

Sem abraços, hoje não mereço

37 comentários:

Silvia disse...

O amor... Sempre o amor a causa de muitos sofrimentos, mas por mais que nos negamos a querer t~e-lo, ele volta sempre, volta quando menos esperamos e no final, acabamos por cair nas redes e voltamos a sofrer mas é assim o ciclo da palavra mais pequena do mundo e com um significa infinito que nem eu sei definir.
Um beijo.

Miosotis disse...

Estou há quase 20 minutos a reler vezes sem conta o teu texto e a pregar os meus olhos na imagem.
Feridas, chagas, cicatrizes, mágoas.... até bosta tu pretendes escarafunchar, num masoquismo inimaginado, que te faz sentir o último dos mortais, o mais ínfimo ser no seu querer e sentir...
Mergulhas por tua vontade num poço sem fundo, e não há corda que te lencem que tu queiras realmente agarrar....
Esquece as feridas!
Lambe-as com a tua própria saliva!
sara-as!
E esgatanha por esse poço acima, até as unhas não o serem mais, e o vivo da tua carne na ponta dos dedos te provocar um esgar de dor.
Mas que a dor seja por uma boa causa, por algo pelo qual tu QUERES lutar....
E quando chegares cá acima, apesar de suado do esforço, moído pela dor, exausto pelo trajecto percorrido, possas olhar para o fundo, lá em baixo onde estiveste, e pensar que o sofrimento que sentes é por aquilo que queres ter, que lutas por possuir, e jamais por aquilo que te mandou lá para baixo, pelo passado que se foi.
Não te rotules com adjectivos que não te encaixam....de naif todos temos um pouco, de estúpidos, só quem o quer ser.
Não te lamentes porque o amor te assiste...dá-te por feliz!
Não te dês como conhecedor de verdades universais, porque ninguém as conhece.
O Amor não mata, ressuscita-te!!!
Não te dês por vazio, porque é esse mesmo sentir que te preenche e que te pode dar forças para reencontrares a luz do teu dia.
Diz as asneiras que quiseres, se isso te liberta. Quem sabe não são elas o teu grito de guerra!
Gosto de te ver Homem, não trapo!
E se as lágrimas forem o lençol de mar que precisas para navegar, chora!
Quem disse que os homens não choram?!
As minhas, correm copiosamente trilho abaixo, por te deixar a minha alma aqui. Junta os dois afluentes e faz o mar dos teus sonhos.....com a Lua no olhar e o Sol no coração.
E mais não digo...porque não consigo.
Maria

Miosotis disse...

Ahhhh...com isto tudo esqueci de te dizer que vim aqui com a alegria de dever cumprido.
Obrigada por me teres proporcionado este poste que tanto prazer me deu.
Espero que tenha satisfeito a tua curiosidade.
Quando quiseres e/ou puderes, diz qualquer coisa.
Um beijo e um miosótis azul.

Goddess Night disse...

Chorei...fez-me bem! Nada mais consigo escrever ou dizer, por agora.
Beijito molhado.

sonhadora disse...

Do teu post saiu um aroma que acendeu uma estrela no meu coração.
Beijinhos embrulhados em abraços

Goddess Night disse...

"Abre, de repente, o maxicasaco.Parece até que sorri.E vejo.Um ninho de aranhas. De alto a baixo. Estendo os dedos, agora fanáticos de horror, para aquela carne movediça, carne ou remoinho de sangue e muco cheio de patas cruéis, ferida imensa de um corpo sem peito, sem ventre: o véu, a teia das aranhas enredadas,cruéis, ternuro vago de ameaça, negando(sob o olhar que na face sedosa se torna extâse) a carícia gratuita de tudo o que já foi, do que não será mais...
Só desapertou afinal os botões. Volto as costas. Fujo. E sinto que estou fugindo da vida - do sofrimento, dos seres que não se unem como objecto, da perpétua renovação desta novocaína - amor"

Urbano Tavares Rodrigues-"As Pombas são Vermelhas"

Cindy disse...

Bem... fartei-me de te ver esbofetear a ti prórprio! Pára! Não vale a pena, amanhã não vai ser diferente, vais fazer exactamente o mesmo! És amante da dôr!
Tu queres amar no extremo e é isto que acontece a quem vive intensamente!
Luta por aquilo que realmente queres, sem medo de cair, sem medo de sofrer...
Mil beijokitas boas e força!

Elipse disse...

é difícil perceber se há prazer na dor ou dor no prazer (sem masoquismos...).
hoje estás muito cifrado.

sony disse...

Não deixes esse amor matar-te!
Luta até obteres o que prometeste a ti!
Não deixes que isso que sentes te desfaça homem!
Reage, anda, não te culpes por nada,VIVE!
Vê o Sol, a Lua, carrega essas baterias que a vida um dia descarregou mas estão aí, à tua espera, dá a luz verde para que a felicidade te percorra!
Pára de te sentires culpado, pára de te massacrar, com chagas, feridas!
Cura as feridas!
Deixa que elas sarem!
PERMITE-TE SER FELIZ!
(Pensa na tua princesinha :-),É motivo para te curar o que quer que seja)
Não te martirizes, não te rotules com algo que não és!
Tudo passa, tudo isso irá passar,tu consegues eu sei, és fantástico HOMEM!
LEVANTA-TE!
Bj e espero ver-te fora desse fundo que falas sem chagas, sem marcas, só tu, como realmente és!
If you need, ill be always here or there, just call!!!
Sony:-)
Logo passo aqui, para ver se vejo um sorriso pintado no rosto de alguém que gosto muito e tem muito valor um negro que não cora, mas chora!
Quem não chora não sente!
Um bj AMIGO,
Sony

gasolina disse...

Dias...

Porque te dilaceras a ti mesmo? por voltares com a palavra atrás? não conseguiste resistir a esse vicio que te queima todo por dentro!
Pura teimosia! Que a unica coisa que aqui mata é aquilo que tu não queres permitir-te sentir! Então pensavas tu que bastava dizer "não, não me apetece mais" e a saliva a dizer "sim, tudo!"???
Vem cá, abraça-me. Chora...


Dias,
...obrigado. Amanhã volto e falamos.

Miosotis disse...

Para ti


Passei por aqui sem esperanças de te encontrar.
Sabia-o e no entanto, deixei-me vir...
As palavras trocadas durante o tardar
Ecoaram entre a distância de existir,
Na ponta de cada um dos nossos dedos
Sem rostos e identidades...
Queria-te, sem medos!

O "momento" é sempre tudo o que temos
Por mais anseios, desejos ou mais que queremos!

Beijo
Maria

Dias... disse...

SILVIA
Não cai, esqueci-me... foi uma coisa virtual que perdeu o controlo... mas eu não caiu, cá me aguento com estes desabafos pelo meio.

Um beijo

MIOSOTIS
Sim, mazoquismos necessarios ao reequilibrio emocional, todos nós já o experimentámos, cada um no seu degrau, e este é o meu.

Tu sabes que és uma escritora soberba, não sabes?
Muitissimo obrigada por este Miosotis por aqui plantado, que digno de outra vitrine é.

Não existe espaço para refutar o tanto que discordo de ti ou o quanto a tua escrita me enche.

Beijo

Dias... disse...

GODDESS
Ainda bem Amiga, ainda bem.

Já me tinham referenciado (Urbano Tavares Rodrigo) parece ser interessante, um dia espreito.

Beijo sempre agradecido

SONHADORA
Abraços embrulhados em beijinhos

CINDY
Calma... são dias. Preciso é de meter fora se não impludo.
Muito obrigada e tudo de bom
Beijoca

Dias... disse...

ELIPSE
prazer na dor ou dor no prazer?
Ambas, claro!

Cifrado mas com tudo dito :)

Obrigada e um beijo saudoso

SONY
É "apenas" um desabafo catartico, verbos que tinha de expelir JÁ, antes de recalcar ou deixa-los camuflarem-se algures.

Beijo muito agradecido

GASOLINA
Obrigadissima pelo ombro, mas sinto-me bem melhor depois de ter escrito.
Beijo

MARIA
Tu escreves demasiado bem...
Beijo agradecido

sony disse...

Hum ok desabafo! Então talvez amanhã de manhã desapareça como por magia:-) assim como o meu desabafo de ontem lol
Ainda bem que foi apenas desabafo!
desabafa homem, chora praí!
Olha sabes o que o meu pai me dizia?
-chora chora, quanto mais choras menos mijas!LOL

faço das palavras do meu pai as minhas HiHiHi
bjs amigo:-)
vou dormir, estive aqui a trabalhar até agora, amanhã tenho o meu penultimo exame!Aleluia.
Fica com Jesus!
Sony:-)
e não tens de agradecer, os amigos servem pra quê afinal?
bj :-)

Um Momento... disse...

Dias...
Li, reli...
Sem abraços dizes tu... mas eu abraço-te...Mereces
Pq dizes aquilo que te vai na alma...
Porque te sentes...
Porque te fazes sentir...
Coração magoado, dor...
Abraça-me...Dá-me a mão...
E agora anda comigo...vem até minha "casa"...
Ao chegares lá...traz o que lá tenho para ti...basta apenas...trazeres contigo...Apenas to quis entregar ...
"Pessoalmente"
Um Abraço... forte...Precisas...é Merecido (*)

Cindy disse...

Sorry... :$
Parece que quem te esbofeteou fui eu... :(
Beijokitas...

gasolina disse...

Escrever, expurga.
Caleja.
E revela.

Toma lá o outro ombro.

Miosotis disse...

Para ti...um bom dia e um beijo!

Ana disse...

Não é por acaso que escolhi esse tão pouco original título para o meu blog. Camões diz tudo:

Amor é fogo que arde sem se ver,
É ferida que dói, e não se sente;
É um contentamento descontente,
É dor que desatina sem doer.

É um não querer mais que bem querer;
É um andar solitário entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É um cuidar que ganha em se perder.

É querer estar preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É ter com quem nos mata, lealdade.

Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade,
Se tão contrário a si é o mesmo Amor?

Amor é contradição, é uma luta interior constante, entre o "eu" e o "nós", entre a segurança do silêncio e o risco da exposição, entre ficarmos num forte, isolados dos sentimentos, sem sofrer, ou sairmos para esse mundo de sensações, de experiências boas e más, que por vezes nos fazem sofrer, mas tantas e tantas vezes nos permitem tocar a felicidade mais pura, mais perfeita.

Discordo completamente de que o Amor nos faça sofrer.

O que nos faz sofrer, que nos rompe por dentro, que nos mata, é o desamor, ou porque o sentimento acabou em nós, ou por acharmos que o que sentimos não é correspondido, o que, tantas e tantas vezes, é apenas fruto dos nossos medos, dos nossos traumas.

Ou até a confusão, achar que algo é amor e descobrir que afinal não passa de uma paixão fugaz, ou de um carinho especial... e essa descoberta traz sempre consigo sofrimento, vazio, tristeza.

É injusto culpar o Amor dos males que advêm da falta dele.

Afinal, por muito que se «morra de amor», é o próprio Amor que nos faz renascer, voltar a acreditar, derrubar as barreiras de segurança que jurámos nunca mais ultrapassar e voltar a Viver.

As feridas, as chagas, os momentos de desespero e tristeza... fazem parte da vida, fazem-nos crescer, amadurecer, fazem-nos ficar mais fortes, mais determinados, mais preparados para um novo amor.

Bjs e... força!

sony disse...

Boa tarde DIAS!
Que hoje estejas sem desabafos :-)
Bjs:-)
Sony

sonhadora disse...

Caminho pelo prazer e pelo sonho.
Serei lua no teu canto.
Beijinhos embrulhados em abraços

sonhadora disse...

DESCULPA! DESCULPA! DESCULPA!

Como fui eu capaz de uma insensatez assim? Não percebo como aconteceu? Não encontro motivo algum para esta distracção. Mas foi pura distracção.
Amanhã, sem falta, dedico-te um post.
Vou já colocar o Cupido no Blog!

Beijinhos embrulhados em abraços

Um Momento... disse...

E assim te respodi...(*):

E é EXCELENTE a forma como sinto o que me ...Transmites

É EXCELENTE ter-te como visita...
Mas sinto-te como Alguém ...sempre Presente

É EXCELENTE a forma como as Palavras ganham vida ...
Quando as Escreves

Parabéns a Ti...
ás Tuas Palavras
Em nome da Rosa ...
por um Momento(",)

Um bem Haja a todos aqueles
em que o Amor...
habita o seu Coração...(*)
(",)

E agora o digo aqui...

Um Bem Haja a... Ti(*)

Miosotis disse...

Oh André...por favor!!!
Tira-me aquela fulana dali da frente!!!!
Sempre que abro a tua página dou de caras com uma tipa daquelas... BOLAS!!!!
E novos escritos, não há?!
Terei que arranjar um alfinete para te espicaçar?
Ou provocar-te um desatino?
Ou apertar-te os .....
:))
Beijos e miosótis por aqui

Ana disse...

Texto revoltado e cheio de sensações...

Mas depois de todos os (des)enganos e (des)encantos, há certezas que devemos preservar e "palavrões" que devemos soltar. Para que tudo nos ajude a ganhar mais um pouco de lucidez...

gasolina disse...

Vim para deixar-te um abraço e um beijo.
...já sei que não mereces.
Mas como sou do contra vou apertar-te contra mim e repenicar-te uma beijoca no meio dos olhos.

:~D

Miosotis disse...

Esperei, esperei
Até que me fartei
E adormeci
Em cima da mesa
por sobre o teclado
o teu blog aberto
o messenger calado
E agora que desperto
reparo que adormeci
em cima de ti
Sobre algo que te escrevi.

Não faz mal!
Atiro para o lixo a folha de papel.
Boa noite e um beijo de mel.

sony disse...

Olá DIAS
Nada novo para se ler?
São .15 da manhã e ainda só fiz metade de um trabalho de informática de ACCeSS para entregar amanhã às 19 horas , só soube hoje às 21h, quando saí de um exame, claro vim a correr para casa e sentei aqui até agora! Tenho o estômago colado ``as costas de tanta fome:-)
O pior é que isto está aqui a meio e amanhã na hora de entregar o trabalho tenho o meu último exame!
Ai meu Deus, não sei pra que lado me vire, agora vou virar pra cama , mas passo pla cozinha antes!
Até amanhã DIAS!
E PERGUNTAS TU SE Não SE L~E NADA?
Eu só leio dados de tabelas lol.
bj
sony

Miosotis disse...

Menino Dias....
Reply em forma de plágio não vale!!!
Bom trabalho.
Fica bem Beijo escondido no campo de miosótis

Cindy disse...

Oi!!!!
Então qué feito?!
Beijokitas.

Um Momento... disse...

Hum...
Entrei... espreitei...
Dormes...Shhhh
Saio pé ante pé...
Mas não antes de
deixar cair um beijo...
Sob o teu rosto...
Shhhhh

(*)

Miosotis disse...

Ahhhh...poeta!!!!!
Eh...eh...eh...
Gostei!!!!!
Podes continuar....
A avaliar pelos últimos versos, fico cobertinha deles....
:))
;))
;0)

Miosotis disse...

Tens uns tomates à tua espera.....
Eh...eh...eh
Não os deixes apodrecer!!!

sony disse...

Boa noite DIAS, como esperava adormeci hoje desd as 23 ate agora no sofá lol. bem vou deitar que amanha tb é dia.
Boa noite e fica com Jesus
bjs
Sony.-)

FE disse...

Algo surreal que toca os limiares do conheçido dia a dia...

Tens o dom, aquele dom...

Continua e força, gostei bastante destas palavras, mas nunca te esqueças que a vida é bela apesar de trágica.

Grande abraço brother.

Teresa Durães disse...

tempo para amar, tempo para depois curar (se nisso se pensar).

e ciclicamente os dias continuam. Compreendendo-os é mais fácil

Minha foto
Algés, Oeiras, Portugal
eu sou quem